A Netflix lançou o primeiro trailer da 2ª temporada de The Haunting of Hill House – oficialmente intitulado The Haunting of Bly Manor – e parece que estamos prestes a ter outra deliciosa festa de outubro. A nova série será lançada no Netflix em 9 de outubro.

Como você verá no trailer, The Haunting of Bly Manor traz de volta a maior parte do elenco principal de The Haunting of Hill House para interpretar personagens totalmente novos. Ambientado na Inglaterra dos anos 80, Bly Manor envolve uma babá americana (Victoria Pedretti) que trabalha para cuidar da sobrinha e sobrinho órfãos (Amelie Bea Smith e Benjamin Evan Ainsworth) de Henry Wingrave (Henry Thomas). Naturalmente, eventos inexplicáveis ​​começam a ocorrer como “séculos de segredos obscuros de amor e perda esperando para serem descobertos”.

The Haunting of Hill House foi assustadoramente eficaz na construção de pavor por meio de histórias profundamente pessoais e interligadas e tristeza pontuada por sequências de terror chocantes e imagens altamente perturbadoras. O primeiro trailer de Bly Manor é promissor – há uma cena especialmente arrepiante logo no final – mas resta saber se a nova temporada terá o mesmo impacto que sua antecessora. O criador Mike Flanagan e o produtor Trevor Macy estão de volta para chefiar a equipe de criação, então as chances são altas de que estamos prestes a ter outra série de pesadelos bem a tempo para o Halloween.

Bly Manor foi uma das poucas séries que escapou em grande parte dos efeitos da pandemia com efeito mínimo na produção. Felizmente, as filmagens que envolveram a pré-pandemia e a pós-produção não foram afetadas pelo bloqueio, então todos nós podemos ser assombrados pela visão de Flanagan e Macy como originalmente pretendido: durante a temporada da bruxa.

Aqui está Flanagan conversando com GamesRadar + sobre The Haunting of Bly Manor e as clássicas histórias de fantasmas que inspiram.

Jordan Gerblick

Sou o criador de notícias noturnas da GamesRadar, alimentado com chá verde. Estou sempre em busca de um MMO para recapturar a sensação de jogar Ultima Online no início dos anos 2000, e ainda estou resolvendo problemas de auto-estima de ser relegado a funções de segundo jogador quando cresci com dois irmãos mais velhos. Em uma nota relacionada, estou irracionalmente na defensiva de Luigi e sua mansão.



Fonte: www.gamesradar.com

Deixe uma resposta